A face é um território de inervação trigeminal e logo, bastante sensível. Diversas desordens podem acometer a face, dentre elas citarei diversos diagnósticos diferenciais:

– Neuralgias: do nervo trigemio, intermédio, supra orbital, supratroclear, infraorbital, mentoniano.

– DTM: disfunção da articulação temporomandibular.

– Síndrome Dolorosa Miofascial: músculos masseter, temporal, esternocleidomastóideo.

– Dor Neuropática: pós operatórias de cirurgias faciais, dentárias, herpes zoster facial.

– Cefaleias: em Salvas, Hemicrania, Sunct.

– Dor Facial Persistente Idiopática.

– Lesões sólidas, abscessos, sinusopatias.

Não submeta-se a tratamentos traumáticos antes de ter um diagnóstico da origem da sua dor!

Compartilhe nas suas redes: